Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras Soltas...

As palavras podem significar muito, ou podem significar nada! Podem ser boas ou más... mas nunca deixarão de ser proferidas!

Palavras Soltas...

As palavras podem significar muito, ou podem significar nada! Podem ser boas ou más... mas nunca deixarão de ser proferidas!

15
Nov12

Há manifestações e manifestações...#2

Palavras d' O Arrumadinho com as quais concordo:  

«O que vi, pela televisão, não foi uma manifestação — essa decorreu durante todo o dia, em várias cidades do país, de forma mais ou menos ordeira. O que se passou no Parlamento foi um atentado à democracia premeditado e executado por criminosos de cara tapada. Durante mais de uma hora, as imagens televisivas mostraram várias pessoas ajoelhadas na calçada tentando, calmamente, retirar todas as pedras que conseguiam arrancar, arremessando-as, depois, contra uma fila de polícias que se protegia atrás de escudos. As dezenas de criminosos fizeram tudo isto, repito, de forma premeditada, com o único intuito de originar violência, de ferir pessoas, e não de demonstrar qualquer posição política. A liderar esta facção estavam elementos dos chamados "Anonymous", um bando de delinquentes cobardes que usa umas máscaras, e que acha que é destruindo coisas e causando medo que se consegue qualquer coisa (na verdade, eu acho que eles só acham cool este show off e aparecerem na televisão). Sobre o ataque à polícia, volto a dizer que uma coisa é uma pessoa ser agredida e, na hora, agarrar a primeira coisa que tem à mão e atirá-la ao agressor, e outra, muito diferente, é estar ali durante quase duas horas a arrancar pedras da calçada para as poder atirar contra os polícias, que, durante todo esse tempo, estiveram numa posição unicamente defensiva.»

(...)

«Muita gente tem usado o argumento do "com manifestações pacíficas não se consegue nada, e isto é preciso". Acho este o argumento mais absurdo e inoportuno de sempre. A essas pessoas deixo duas perguntas:

1. E as manifestações em que se parte tudo, incendeiam carros, agridem pessoas, resolvem o quê? Que grandes conquistas políticas ou sociais é que se conseguiram dessa forma em Portugal? Venham os exemplos. Ajudem-me, que eu não me recordo.

2. As manifestações pacíficas não resolvem nada? A sério? E têm a coragem de dizer isto dois meses depois da maior manifestação de sempre em Portugal, em que participaram quase 800 mil pessoas, em que não houve um acto de violência, em que nas ruas estava o povo, e não a CGTP, os trabalhadores, os insatisfeitos, pais, mães, filhos, avós, todos. Lembram-se porquê? Foi há 2 meses! Foi por causa da TSU. E o que é que se conseguiu com essa manifestação pacífica e ordeira? Que a medida não avançasse. Sim, as manifestalções pacíficas resolvem coisas. Como é que se fez o 25 de Abril? Sem uma bala, com cravos. A não-violência é uma demonstração de força e inteligência. A violência é apenas o uso da força bruta. E contra os brutos age-se com brutalidade. Dia 15 de Setembro abraçaram-se os polícias e conseguiu vergar-se o governo. Hoje, apedrejaram-se os polícias e o que é que vamos conseguir? Nada. Os gregos andam há dois anos a vandalizar o seu país, a destruir carros e ruas, a ferir polícias, a paralisar o país e o que é que conseguiram com isso? Nada. Zero. Estão na merda, e ainda pior do que estavam. Não têm rumo nem ideias nem estabilidade nem paz nem segurança. É para aí que queremos caminhar? É essa a solução para alguma coisa?» Daqui.

Devemos fazer ouvir o nosso descontentamento seja em manifestações, ou a fazer greve, não precisamos é de usar a violência para isso.  Não é assim que nos vamos  fazer ouvir e perdemos a razão, tal como já referi no post anterior.

14
Nov12

Há manifestações e manifestações...#1


 

Existem motivos para se fazer greve e para se fazerem manifestações. São muitos os motivos para protesto, tendo em conta as medidas de austeridade. 

Mas, o que se passou hoje frente à Assembleia da República foi vergonhoso!

Aquilo que se viu, foi um grupo de vândalos a atirar pedras ao corpo da intervenção da PSP, gente que só quis provocar distúrbios.

Esquecem-se, que muitos daqueles polícias que ali estão protegidos por um escudo, são pais de familia e que também sofrem com esta crise, também têm contas para pagar.

Por mais razões que possam ter para estar descontentes, não há justificação possível para apedrejar a polícia que está ali a cumprir a sua função. Porque a partir do momento em que se parte para a violência perde-se a razão! 

Eu, tal como a maior parte das pessoas neste país, também sofro (e muito) com esta crise mas,  mais uma vez digo: Aquilo que eu vi foi uma completa vergonha!

 

*E não metam todos os manifestantes que lá estiveram no mesmo saco que aquela gente.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Contacto:

palavrassoltasnomundo @gmail.com

Estou no Bloglovin', segue-me:

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

WOOK - www.wook.pt

Links

  •  
  • Comentários recentes

    • Masha

      Estou totalmente de acordo contigo! Amor e demonst...

    • Masha

      Algo deveras importante... Beijinhos

    • mami

      dá muito nó...mas sim, é normal :D

    • Masha

      Infelizmente, há situações e pessoas que nos desil...

    • Masha

      Muito mais bonita, com um corpo de uma mulher "rea...