Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Palavras Soltas...

As palavras podem significar muito, ou podem significar nada! Podem ser boas ou más... mas nunca deixarão de ser proferidas!

Palavras Soltas...

As palavras podem significar muito, ou podem significar nada! Podem ser boas ou más... mas nunca deixarão de ser proferidas!

09
Ago16

Desabafos de uma desempregada...

sad-505857_1920.jpg

 

Há quem pense que se está desempregado porque se quer, sim,  infelizmente este é o pensamento predominante em grande parte da sociedade!

 

O pior é quando estamos rodeadas de pessoas que denominamos por amigos, e que nos esfregam na cara a situação, como se nós sentissemos satisfação por estar nela e que nos dizem coisas como: " Já não tens 25 anos!" ( obrigada eu sei, eu mais do que ninguém quero encontrar trabalho, e não é assim que me ajudas!), ou que nos falam como se fossemos muito burrinhas e não soubessemos procurar trabalho!

 

Melhor ainda, é dizerem algo como: "é que aqui trabalha-se!" (Ainda bem que trabalhas, fico feliz por ti, quem me dera a mim ter um tabalho! E não te preocupes, se um dia estiveres na merda não vou descer ao teu nível!)

 

Se não sabem o que dizer, estejam calados, como diz o provérbio "o silêncio é de ouro"! 

 

Já basta o mau-estar que se sente por se estar no desemprego, não é preciso que façam chacota, que se regojizem com a situação, ou que nos relembrem na merda em que estamos!

Enfim, conheço mesmo casos  de pessoas que desdenhavam de quem estava desempregado e só quando o infortúnio lhes bateu à porta é que mudaram a sua visão das coisas!

Engoliram as palavras que disseram e fingiram que nunca as tinham dito.

 

Karma is a bitch!

 

E assim se vai selecionando quem se quer por perto e quem se quer bem longe! Ao menos que o desemprego sirva para alguma coisa!

 

 

06
Abr16

Em desacordo com o acordo!

typewriter-1248088_1920.jpg

 

aqui mostrei a minha "resistência" em relação ao novo acordo ortográfico.

No entanto, o karma é tramado e na maioria dos locais por onde tenho passado sou sempre obrigada a usá-lo.

A verdade é que quanto mais conheço do novo acordo, mais estou em desacordo, com a sua implementação.(Gostaram do trocadilho?)

Vou deixar-vos alguns dos exemplos que me causam alguma espécie e que considero um verdadeiro assassinato à língua portuguesa.

Com o novo acordo a palavra pára (forma do verbo parar) perde o acento e passa a escrever-se para, (como a preposição para).

Portanto, se pretendermos dizer algo como "Pára, para descansarmos!", teremos de escrever "Para, para descansarmos!". Ora, para mim, isto não faz nenhum sentido e confesso que já fiquei meio perdida a ler frases onde "Para" significa "Pára".

Outro exemplo que vos deixo é a perda do acento na palavra pêra, passando a escrever-se pera. Mais uma aberração pera lê-se péra e não PÊÊra.

 

Enfim, vá-se lá entender a lógica destas mudanças! 

Se o objectivo era que o português usado em Portugal ficasse semelhante ao usado no Brasil, fracassaram redondamente! É que para isso, teremos de começar a dizer "planejar" em vez de "planear" entre outras adaptações! (ATENÇÃO: nada contra o Brasil, nem os brasileiros!)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Contacto:

palavrassoltasnomundo @gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Comentários recentes

    • Masha

      Estou totalmente de acordo contigo! Amor e demonst...

    • Masha

      Algo deveras importante... Beijinhos

    • mami

      dá muito nó...mas sim, é normal :D

    • Masha

      Infelizmente, há situações e pessoas que nos desil...

    • Masha

      Muito mais bonita, com um corpo de uma mulher "rea...